20.2 C
Brasil
14 de outubro de 2019
Logística Transporte

Coopercarga amplia operação de transporte para Brado Logística

A Coopercarga, uma das maiores transportadoras brasileiras, que no início de julho, conseguiu o permisso para operar em mais dois países do Mercosul – Peru e Bolívia -, além de Argentina, Paraguai, Chile e Uruguai, amplia sua operação no mercado interno com a Brado Logística para transportar defensivos agrícolas. Realizada pela filial São Paulo, a prestação de serviços começou em junho e, inicialmente opera na rota Paulínia (SP) à Carazinho (RS), numa distância de 1113 km. 

Neste primeiro mês de atuação foram realizadas 33 cargas alcançando um desempenho de 95%. Esse número é o resultado do cumprimento do painel do cliente, que avalia a chegada para o carregamento, transit time da origem ao destino e o cumprimento das janelas de chegada para as descargas. Ao todo, 10 cooperados atuam na operação e se dedicaram nas capacitações dos motoristas e, principalmente, nas adequações dos veículos para o atendimento.  

 De acordo com o gerente de Operações Dedicadas, Vinicius Gustavo Carbono Marques, a missão é manter, no mínimo, o nível inicial de serviços, que alcançou 95%, e buscar melhorias para atingir a performance máxima para o atendimento ao cliente.  “Nosso principal foco é garantir a sustentabilidade do projeto e, consequentemente, proporcionar mais produtividade para os cooperados desse projeto”, ressalta

 Vinícius destaca ainda que o sucesso dessa operação é em razão dos profissionais com alto nível de atuação na programação diária da operação e na implantação dos processos de gestão. “Contamos também com as áreas de apoio da Coopercarga como o Centro de Controle Operacional (CCO), a Controladoria e Gestão e o setor de Gestão em Talentos Humanos (GTH), que se dedicaram amplamente na implantação dessa operação”, explica o gerente. 

Related posts

Transportadora marítima não é responsável por danos depois de descarregamento

Carlo Fracalanza

Urubatan Helou, Presidente da Braspress, em entrevista à Maria Alice Guedes

Maria Alice Guedes

76 toneladas de pneus descartados corretamente em Santa Bárbara d’Oeste

Carlo Fracalanza

Deixe seu comentário