29.6 C
Brasil
8 de abril de 2020
Destaques Infraestrutura

Gigantes se unem para fornecer comunicações via satélite à rede ferroviária

O Globalsat Group, por meio de sua afiliada brasileira Globalsat do Brasil, assinou um contrato plurianual com a Rumo SA, empresa de transporte e logística da América Latina. Em uma negociação que deverá resultar em uma significativa melhora no funcionamento da infraestrutura ferroviária brasileira da Rumo, o Globalsat Group fornecerá uma solução para utilizar a conectividade via satélite da Inmarsat, empresa mundial em comunicações móveis globais por satélite, e os terminais de conectividade da Cobham.

A Rumo é responsável por gerir 14.000 km de ferrovias no Brasil e o projeto inicialmente focará em 2.000 km da Ferrovia do Norte, que conecta seis estados-chave ao Porto de Santos.

Como a maioria dos trilhos passa por áreas remotas com cobertura de rede não confiável ou inexistente, os maquinistas, engenheiros ferroviários e gerentes de transporte não têm como se comunicar efetivamente. Como resultado, os maquinistas não recebem atualizações de tráfego ao vivo e os trens não podem seguir viagem até receberem atualizações do centro de controle.

Isso causa longos atrasos nos trens e cria uma variedade de desafios logísticos, além de aumentar os custos operacionais.A intenção da estrutura é ver 1.600 locomotivas equipadas com uma conectividade BGAN altamente confiável, garantindo uma rede ferroviária eficiente, rentável e segura.

A primeira etapa do projeto começará no início de 2020 e verá o Globalsat Group equipando 300 trens de carga da Rumo que operam nesta seção da ferrovia com terminais Cobham EXPLORER 325 Broadband Global Area Network (BGAN), EXPLORER Mobile Gateways e o serviço PRISM PTT+, fornecendo conectividade ininterrupta, mesmo nas áreas mais isoladas sem cobertura móvel.

Isso permitirá o rastreamento preciso em tempo real de cada composição, bem como a comunicação confiável de voz e dados entre maquinistas, equipes de manutenção e centros de controle regionais. A intenção da estrutura é ver 1.600 locomotivas equipadas com uma conectividade BGAN altamente confiável, garantindo uma rede ferroviária eficiente, rentável e segura.

Igor Falcão, Diretor da Globalsat do Brasil e Vice-Presidente Sênior de Vendas do Globalsat Group, declarou: “No Brasil, o transporte ferroviário é o canal de transporte mais importante para muitos setores como agricultura, commodities, florestal e bens de consumo. Uma rede mais eficiente significará portanto uma economia mais forte.

A rede ferroviária da Rumo é a única que conecta o estado central de Mato Grosso a Santos, o maior porto da América Latina. As melhorias de conectividade trazidas pelas comunicações móveis via satélite melhorarão as operações da Rumo, tornando o transporte ferroviário uma proposta de transporte mais confiável e eficaz na qual a economia brasileira poderá depender”.

Alberto Palacios, CEO do Globalsat Group, disse: “Nossa solução está pronta para transformar a maneira como a Rumo opera, fornecendo uma visibilidade muito maior de seus ativos e infraestrutura, além de reduzir seus custos. O Globalsat Group desenvolveu uma solução atraente para operadores de rede ferroviária e logística que trabalham em regiões remotas da América do Sul, e estamos muito satisfeitos por trabalhar neste projeto integral com a Rumo, a maior empresa de transporte e logística do Brasil”.

Mike Carter, presidente da Inmarsat Enterprise acrescentou: “A Inmarsat tem orgulho de ajudar a viabilizar, juntamente com nossos parceiros Globalsat Group e Cobham, esse projeto no Brasil, um país no qual temos uma longa história de trabalho. Uma conectividade forte e consistente é essencial para o crescimento contínuo das organizações em todo o país e o satélite está habilitando muitos projetos de infraestrutura, levando os ganhos de produtividade e eficiência ao próximo nível”.

Henrik Nørrelykke, Vice Presidente de Vendas Globais & Marketing (área Terrestre) da Cobham SATCOM, disse: “Estamos entusiasmados por trabalhar com a Inmarsat e o Globalsat Group para levar nossos terminais EXPLORER e serviço PRISM PTT+ para o setor ferroviário no Brasil.

Este é um ótimo passo para expandir ainda mais a distribuição dos nossos serviços EXPLORER Push-To-Talk globalmente. Com um contrato de cinco anos para o nosso serviço gerenciado PRISM PTT+, será garantida à Rumo uma conectividade de alta velocidade e comunicações de voz ininterruptas em todas as suas operações. Isso melhorará bastante sua segurança e eficiência e fornecerá os dados necessários para a otimização operacional”.

Fonte: Infor Channel

Related posts

Logística Just in Time segue como estratégia no varejo

Ronaldo Lemes

Repom lança conta digital exclusiva para caminhoneiros brasileiros

Maria Alice Guedes

Grupo chinês estuda disputar leilão da Fiol

Carlo Fracalanza

Deixe seu comentário