19.5 C
Brasil
7 de dezembro de 2019
Destaques Logística

Mercado Livre e Azul Cargo anunciam parceria para agilizar entregas

Os cofundadores do Mercado Livre, Stelleo Tolda e Marcos Galperin, e o presidente da Azul, John Rodgerson, anunciaram uma parceria entre as duas empresas para realizar entregas de produtos por via aérea em todo o Brasil. John Rodgerson disse que essa parceria é só o começo e que empresa prevê investimentos de US$ 1,5 bilhão em novas aeronaves para acompanhar o crescimento do Mercado Livre.

“A gente começa a democratizar cada vez mais os serviços de entrega em 1 dia, que são muito concentrados em São Paulo e Rio de Janeiro”, afirmou o cofundador do Mercado Livre, Stelleo Tolda. “O futuro é a entrega Next Day e a Azul vai ser parte importante desse processo”, acrescentou Tolda.

O vice-presidente de Mercado Envios para a América Latina do Mercado Livre, Leandro Bassoi, afirmou que “para o consumidor, isso significa entregas mais rápidas, utilizando a malha logística do Mercado Livre e da Azul, que cobre todo o território nacional, com 900 voos diários. Por meio dessa parceria, temos a expectativa de atingir números altíssimos e entregas em tempo cada vez menor”, disse Bassoi.

Representantes do Mercado Livre também afirmaram que a empresa inaugurou um CD de Fulfillment na cidade de Cajamar, em São Paulo.

“Atualmente, cerca de 30% de todas as entregas são realizadas por meio da nossa malha logística. Há um ano, eram apenas 5%”, afirmou o vice-presidente de Mercado Envios para a América Latina, Leandro Bassoi. “Também estamos avançando no porcentual de entregas em até dois dias. Atualmente, 60% das entregas feitas por Fulfillment ocorrem neste prazo.”

O Mercado Livre já conta com um CD na cidade de Louveira, em São Paulo, e três centros de Cross Docking também no estado paulista com uma malha logística de mais de 200 mil metros quadrados.

Related posts

Mercedes-Benz destaca vantagens do Biodiesel HVO para frotas de ônibus

Juliana Memberg

Uber recebe US$50 bi em corridas em 2018

Juliana Memberg

Tabela de frete rodoviário está suspensa até segunda ordem

Redação Logística Brasil

Deixe seu comentário