19.5 C
Brasil
7 de dezembro de 2019
Destaques Logística Transporte

Santos Brasil implanta nova tecnologia em operações com contêineres

A Santos Brasil, empresa referência em operações portuárias e logísticas, está implantando uma nova tecnologia em suas operações com contêineres para exportação: a leitura de lacres por meio de OCR (sigla em inglês para “reconhecimento ótico de caracteres”). O sistema substitui a digitação manual dos dados do contêiner, aumentando a segurança e produtividade, reduzindo erros e agilizando o processo de despacho de cargas.

A ideia do aplicativo surgiu quando a Alfândega do Porto de Santos editou a Portaria 134, de março de 2018, determinando, entre outras coisas, que os contêineres com carga para exportação devem ter seu lacre fotografado antes de serem abertos. A Santos Brasil resolveu ir além do que determinava a Portaria e desenvolveu o novo sistema, que permite que seus funcionários utilizem um aplicativo instalado em um tablet e faça a leitura dos lacres antes dos contêineres serem abertos pela Receita Federal.

Segundo Ricardo Abbruzzini, diretor de Tecnologia e Inovação da Companhia, além de atender às regras da Receita, o novo app dá mais segurança e rapidez aos processos aduaneiros na empresa. “A leitura dos lacres com OCR nos tablets diminui a incidência de erros de digitação, já que antes, os dados eram preenchidos pelo vistoriador de forma manual”, explica.

O app já está em uso na área de logística da Santos Brasil, onde os resultados se mostraram muito positivos: a leitura dos lacres, que levava em média 7 segundos antes do uso do sistema, passou a ser feita em 1,43 segundo, com acuracidade de 83%. O próximo passo será implementar o aplicativo no Tecon Santos (terminal de contêineres do porto santista administrado pela empresa) e, em um segundo momento, ampliar o seu uso para a leitura dos lacres de descarga (importação).

Para Abbruzzini, o investimento da Santos Brasil em tecnologia e inovação traz segurança e agilidade para a operação, beneficiando os clientes e todos órgãos intervenientes com os quais a empresa se relaciona. “A Santos Brasil tem um DNA de inovação e está em constante busca por soluções pioneiras que agreguem valor à sua operação e promovam a competitividade de seus clientes”, diz.

Related posts

Meta da Multilog é atingir R$ 1 bilhão de faturamento até 2022

Redação Logística Brasil

Scania expõe Nova Geração de caminhões na Agrishow 2019

Maria Alice Guedes

DC Logistics Brasil explica como funcionam as operações e registros no Siscoserv

Redação Logística Brasil

Deixe seu comentário